Kindle’s Owner Lending Library é recente adição ao Amazon Prime, programa de benefícios que também oferece streaming de filmes e seriados, tudo por 79 dólares ao ano

São Paulo – Leitores compulsivos podem se esbaldar: a Amazon anunciou o lançamento do Kindle’s Owner Lending Library, serviço de empréstimo de e-books para Kindle E-Ink e Kindle Fire. A novidade faz parte do pacote de benefícios Amazon Prime que, ao custo de 79 dólares por ano, oferece streaming ilimitado de filmes e seriados e, para quem vive nos Estados Unidos, entrega gratuita de mercadorias adquiridas no site, em apenas dois dias.
Leia Mais

Esqueça a carteirinha da biblioteca e as multas por dia de atraso na devolução do livro. Com o Kindle Owner’s Library é o seguinte: não tem data para retorno do volume emprestado e cada membro pode emprestar apenas um título por mês. A entrega de um livro deve ser realizada para se se possa realizar o empréstimo de outro.

São mais de cinco mil livros eletrônicos disponíveis no acervo da biblioteca virtual, entre eles, guias de viagem dos destinos mais populares do planeta, da editora especializada Lonely Planet, o polêmico Fast Food Nation, de Eric Schlosser, e títulos que estão, ou já constaram, na lista dos mais vendidos do New York Times.

Em média, um e-book custa cerca de 10 dólares na Amazon. Quem lê um livro por mês termina um período um ano tendo gasto, no mínimo, 120 dólares em livros. Sob esta perspectiva, se associar ao Amazon Prime se apresenta como uma vantagem para aqueles que têm a leitura como hábito tão frequente quanto o de escovar os dentes depois de cada refeição.

Para a Amazon, o Kindle’s Owner Lending Library é uma “win-win situation”, tanto para proprietários do e-reader ou tablet, que agora vão ter ainda mais títulos à disposição, quanto para a indústria editorial e seus autores, que invariavelmente vai observar aumento lucros, graças aos acordos firmados com Amazon.

O serviço foi lançado oficialmente em 2005 nos Estados Unidos e posteriormente no Japão, Reino Unido, Alemanha e França. A Amazon não é clara, mas parece que, por ora, o programa está reservado apenas aos residentes destes países. Independente, EXAME.com realizou o passo-a-passo no cadastro para um mês de teste, gratuito, e, apesar de ter concluído com sucesso e sem qualquer impedimento o processo de registro no serviço, não conseguiu ter acesso aos benefícios oferecidos pelo Prime, no caso o streaming de filmes.

Artigo retirado do site: EXAME

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *