Análise SWOT ou Análise FOFA, como também é conhecida, é uma ferramenta que abrange um estudo do cenário empresarial em que está inserida determinada empresa. Nesse post, em especial, trataremos do e-commerce.

Depositphotos.com/AndreyPopov A análise de Swot serve como base para o planejamento estratégico de um e-commerce.

Esse estudo que compõe a análise SWOT é dividido em duas plataformas, a interna e externa, sendo que a primeira é referente à sua loja virtual, ou seja, os quesitos que você possui influência direta. A segunda plataforma representa o mercado, o ambiente externo, o qual é composto por situações que não podemos, necessariamente, controlar.

A função dessa análise é servir como base para a realização do planejamento estratégico para melhorar sua loja virtual.

A análise SWOT é estruturada por uma tabela dividida em 4 quadrantes. Veja abaixo quais são, como devem ser preenchidos e alguns exemplos para melhor compreensão sobre a análise SWOT para e-commerce.

Ambiente interno

Strenghts/Forças – Liste os pontos positivos de seu e-commerce em comparação à concorrência, enumere fatores que fazem da sua empresa única. Quais são seus diferenciais? O que você oferece que os concorrentes não podem ou não querem oferecer?

Esses são apenas alguns itens que você pode colocar no quadrante referente à forças.

Weaknesses/Fraquezas – Liste os pontos negativos de seu projeto de e-commerce em comparação à concorrência.  O que seus concorrentes diretos são melhores que você? Em que fatores a loja virtual de seu concorrente é superior a sua? O que ela oferece de melhor que você?

Ambiente externo

  • Opportunities/Oportunidades – Listes as oportunidades presentes no mercado e no ambiente externo de forma geral. Nessa etapa da análise SWOT você deve levar em consideração a tecnologia e mais especificadamente o que ela pode beneficiar seu e-commerce.
  • Threats/Ameaças – Nesse quadrante da análise SWOT você deverá listar as ameaças presentes no mercado e no ambiente externo de forma geral.

Assim como no quadrante oportunidade, a tecnologia também deve ser levada em consideração quando o quesito “ameaças” para o seu e-commerce. Isso porque os custos de sistemas online estão bastante reduzidos, o que facilita a elaboração de novas lojas virtuais.

Logo, fique atento quanto as inserção de novas tecnologias no mercado e procure sempre atualizar a sua loja online quanto a isso, mesmo porque o mercado online está sendo sofrendo alterações.

Como visto a análise SWOT para e-commerce, nos permite obter uma visão ampla de mercado. Identificamos tanto as forças e fraquezas de nossa loja online, quanto as oportunidades e as ameaças do segmento que atuamos. Tendo esses dados em mãos é possível realizar um planejamento estratégico em busca de melhorias.

Para realizar o planejamento para a sua loja online, você pode levar em consideração o cruzamento dos quadrantes que compõe a análise SWOT, a chamada matriz da análise SWOT. Através do cruzamento entre “oportunidade” e “fraqueza”, por exemplo, é possível analisar possibilidades para melhorar o ambiente interno, aproveitando assim as oportunidades provenientes do externo.

Já no cruzamento entre “ameaças” e “fraquezas” é possível analisar se há situações no ambiente externo que podem influenciar sua loja online. Caso tenha, é interessante reorganizá-la.

Através do cruzamento entre “ameaça” e “força” também há a possibilidade de utilizar os pontos positivos de sua loja online e investir mudanças no ambiente externo de forma à favorecer seu negócio.

Diante do dinamismo do segmento que envolve o e-commerce, é indicado fazer a análise SWOT uma vez por ano.

 

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *