Você com certeza já deve ter lido e escutado essa expressão nos principais canais de informação que existem hoje, mas você realmente sabe o que é uma Start Up? Este modelo de negócio que parece estar na moda e nos planos de muitos investidores e da nova geração de empreendedores nada mais é do que uma boa ideia de negócios que seja diferente, inovadora e, claro, tenha possibilidades reais de ganho monetário.

Depositphotos.com/pressmaster Uma Start Up é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócio repetível e rentável, ainda que incerto.

Apesar da expressão já ser usada há mais décadas nos EUA, o conceito de “Start Up” é recente, passou a ser usada internacionalmente durante a bolha da internet nos anos 90 e, por isso, há diversas opiniões formadas pelos profissionais da área. Muitos dizem que qualquer empresa em seu período de formação pode ser considerada uma Star Up. Há também aqueles que defendem que é uma empresa que possui custos de manutenção baixos, além da característica de crescer rapidamente com grande geração de lucros. São empresas modernas onde são empregados processos que fogem do modelo de estrutura rígido, antigo e pré-montado da administração clássica. Porém, a maioria concorda com a seguinte definição: uma Start Up é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócio repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza.

Assim sendo, dois pontos são fundamentais: não é possível saber, de fato, que a Start Up terá sucesso em seus serviços ou produtos e que esse tipo de empresa deve estar apto a crescer em uma velocidade muito alta.

A maioria dessas empresas é de internet, porém uma Start Up pode estar inserida em qualquer área. O mais importante é que você faça algo que goste e tenha amor em trabalhar no seu campo de interesse.

Tomada a coragem e com uma ideia na cabeça é hora de por a mão na massa. Primeiro passo: buscar por investidores. É necessário começar com o chamado “capital de risco” para fundar a empresa, já que, como definimos anteriormente, Start Up é uma empresa em condições de incerteza. Há sites na internet e convenções realizadas em cidades do mundo todo para facilitar o encontro do empreendedor com os investidores. Também lembrando que é possível, e bem comum, um grupo de empreendedores trabalhando junto com um grupo de investidores, não somente uma pessoa no comando de tudo. Coletividade é um conceito importante e muito usado nesse estilo de negócio.

Criada a empresa com o primeiro investimento, será verificada se ela consegue receber receitas e se tornar bem sucedida. A ideia será colocada em prova. Lembre-se que uma ideia pode ser boa e falhar, por isso sua execução é importantíssima. Uma dica é saber onde é seu limite. Você não precisa de estudos específicos para ter uma boa ideia, mas é necessário procurar profissionais que consigam fazer com que essa ideia consiga se tornar realidade. Procure profissionais que se identifiquem com a sua ideia e amem trabalhar nela.

Após a confirmação que existe receita entrando e ela começa a se tornar lucro, será necessária uma nova leva de investimentos para que a Start Up possa se tornar, enfim, uma empresa sustentável. A partir do momento em que a empresa cresce e se torna escalável, ela deixa de ser uma Start Up e se torna uma empresa altamente lucrativa.

Lembre-se de que quanto mais simples sua ideia, mais fácil e melhor executada ela será. Nunca deixe de prestar atenção nela. Ela pode se modificar e sofrer melhorias. Sempre a questione. Crescer faz parte do planejamento de uma Start Up, mas comece simples e focado em um produto ou serviço para depois pode expandir.

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *