Depois de escolher um serviço de e-mail marketing, agora devemos saber como criar um e-mail marketing que seja eficiente. Com o crescimento do social media e do mobile marketing, o e-mail marketing tem sido chamado de velharia e com morte já anunciada por algumas pessoas e profissionais. Porém, o conteúdo dele trabalhado de maneira correta é mais poderoso do que o poder das mídias sociais porque insere a conversa de negócios em um ambiente mais pessoal: a caixa de entrada do cliente.

Depositphotos.com/Violin Para garantir bons resultados com a estratégia de e-mail marketing, é preciso atenção a alguns pontos fundamentais.

O e-mail marketing promove uma linha direta de comunicação para conversão de vendas, sendo esse o principal motivo que as lojas de e-commerce nem cogitam a possibilidade de parar com essa ação. De acordo com a DMA (Direct Marketing Association), o ROI gira em torno de 4.300%!

Portanto, é importantíssimo criar uma maneira eficiente de produzir e implementar e-mails marketing. O objetivo deve ser o conceito de trocas valiosas – a sua informação valiosa para o tempo valioso do seu cliente. Os destinatários devem confiar em você como empresa e não como um robô chato totalmente sem alma que só cria spam. Por isso, vale muito mais ter contatos que autorizam (opt-in) o recebimento de e-mails do que um mailing list qualquer.

Crie um relacionamento com seu público-alvo: o que ele gostaria de ler e enviar algo que chame sua atenção e que ele goste, de fato, de ler. Deve-se estudar o nicho que sua empresa possui e comunicar de um jeito que faça seus leitores ter vontade de ler dentro do valioso tempo que eles dispõem.

Confiram algumas dicas para criar um e-mail marketing eficiente:

1. Importância. Não envie um e-mail marketing só por mandar ou com a desculpa de “manter contato constante com o cliente”. Isso fará você perder assinantes. E-mail marketing deve ser uma fonte de informação confiável para o cliente.
2. Quantidade. Não envie mais de um e-mail por semana. Algumas lojas de e-commerce até preferem não enviar mais de três por mês. No caso empresarial, há uma média de um e-mail marketing mensal. Descubra qual a melhor frequência para o seu tipo de negócio.
3. Planeje. Faça o planejamento dos assuntos a serem abordados semestralmente e divida-os de maneira ordenada no semestre, obedecendo datas comemorativas e feriados. Cuidado! Esse assunto irá mesmo interessar o seu cliente?
4. Personalize o layout. O visual do e-mail marketing é muito importante devendo condizer com a filosofia da sua empresa e com o tipo de aproximação e comunicação que seu cliente se identifica. Misture imagens e texto, nunca somente uma foto ou somente texto. Programe a estrutura e o conteúdo de suas newsletters antecipadamente e não de última hora. Padronize algumas estruturas como cabeçalho e rodapé, ou, dependendo, o e-mail marketing inteiro para criar uma identidade (importante para aumentar o nível de confiança do cliente). E não se esqueça da navegação para dispositvos móveis.
5. Direto e reto. Faça e-mails marketing curtos que sejam diretos ao ponto. Ninguém gosta de ler e-mails longos (isso faz o nível de interesse dos internautas diminuir).
6. Menos é mais. Mantenha seu banco de e-mails (mailing list) consistente e seja realista. Dois mil e-mails com cadastro autorizado valem mais do que vinte mil que não produzem conversão nenhuma. Tenha certeza que seus clientes querem realmente receber e-mails da sua empresa.
7. Personalização de conteúdo. E-mails com o nome do cliente adicionado em sua estrutura mostra que sua empresa não é um robô atirando para todos os lados. Procure filtrar e categorizar cada cliente por seus hábitos quando possível. Se, por exemplo, a sua loja é de artigos musicais e seu cliente possui histórico de compras apenas de CDs de artistas brasileiros, não envie e-mail só de lançamentos internacionais. Produza um especial nacional e insira DVDs de grandes shows brasileiros como produtos relacionados.
8. Motivos. Qual é o motivo de alguém se cadastrar para receber e-mail marketing da sua empresa? É importante possuir um interesse para o leitor e que ele efetue um call-to-action. Os objetivos do call-to-action podem ser variados, como: enviar o cliente para uma página no seu site, conseguir um like no Facebook, assistir o seu novo comercial, converter em uma compra com algum tipo de desconto especial inserido no e-mail, etc.
9. Tempo. Tudo isso parece muito bonito na teoria, mas o tempo para o seu cliente realmente confiar em seu e-mail marketing pode variar muito. Tenha em mente que e-mail marketing não é uma ação pontual. Ou seja, ela não vai dar muito certo se você resolver fazer uma ação somente para os natais, por exemplo, sem nunca ter feito nada antes, durante ou depois da data.
10. Relatórios. Saiba quem são os clientes que estão abrindo seu e-mail, os que estão de fato interagindo com ele e os que nem chegam a abrir. É possível criar códigos e links especiais para esses tipos de estatísticas. Serviços especializados de e-mail marketing fornecem esses dados, procure estudá-los continuamente para aprimorar ao máximo essa ferramenta. É possível fazer testes e ver qual método está funcionando melhor do que o outro enviando e-mails marketing diferentes sobre o mesmo assunto para diferentes grupos dentro do seu banco de dados e comparar.
11. Permissões. Não basta ter somente o opt-in, forneça claramente e de maneira fácil o descadastramento de clientes (opt-out). Isso vai ajudá-lo a ter uma base de assinantes mais consistente.
12. Leitura bem sucedida. Evite fazer e-mails que demorem para ser carregados (tamanho de imagens e arquivos). Cuidado com o método de envio para não cair na caixa de spam. Serviços especializados em envio de e-mail marketing são muito mais confiáveis do que envio em massa “doméstico”. Procure não usar palavras que os filtros anti-spams possam reconhecer, principalmente no título do e-mail como “clique aqui”, “dinheiro”, “de graça”, etc.
13. Interação. Esteja preparado para responder dúvidas e contornar erros e crises que seu e-mail marketing pode causar. Nunca demore para retornar o contato do cliente.

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *