Não é difícil obter bons resultados com o e-commerce no Brasil. Por aqui a internet realmente tem sido um enorme campo fértil para os empreendedores do setor, que somente no primeiro semestre de 2012 faturaram R$ 10,2 bilhões, segundo dados divulgados pela e-bit. Mas, se você está pensando em ingressar nesse mercado tenha cuidado. Os custos de uma loja virtual feita do zero são muito diferentes dos custos com os quais os proprietários de lojas físicas têm de lidar.

Depositphotos.com/pressmaster O domínio, a plataforma, logística e divulgação são alguns dos pontos que exigem investimentos.

Antes de começar a avaliar os custos de implementação de um e-commerce é importante conhecer a fundo o modelo de negócio. Por isso, confira abaixo os principais custos de uma loja virtual:

Custos com Domínio e Hospedagem

Na primeira etapa do negócio o empreendedor tem de arcar com os custos de registro de um domínio e com a hospedagem para sua loja virtual. O custo para registrar um domínio novo não é elevado, mas exige que o empreendedor obrigatoriamente efetue a contratação de um serviço de hospedagem de internet. De forma que o serviço contratado seja capaz de suportar o volume de operações de uma loja virtual.

Os próprios serviços de hospedagem costumam oferecer soluções específicas para lojas virtuais. O que acaba por ter certa relação com a próxima etapa de implantação de um site de comércio eletrônico, a escolha de uma plataforma para lojas virtuais.

Custos com Plataformas para Lojas Virtuais

Usadas para gerenciar as operações de uma página de comércio eletrônico, as plataformas para lojas virtuais podem ser adquiridas ou alugadas e existem diversas delas à disposição.

Além da contratação dos servidores de internet, o empreendedor pode optar por contratar diretamente com as empresas de hospedagens a plataforma para sua loja virtual. Plataformas desse tipo são opções de fácil utilização e de baixo custo, mas costumam ter poucas opções de customização e enfrentam certa dificuldade em operações com grande quantidade de produtos.

Utilizar uma plataforma open source pode ser o caminho mais indicado aos empreendedores com experiência na administração de páginas de internet. Como já vimos aqui em nosso blog existem opções de plataformas para e-commerce baseadas em WordPress ou feitas ainda com o Magento Commerce.

Custos Relacionados à Gestão de Pagamentos

Outro ponto importante a ser considerado pelo empreendedor são os custos relacionados à contratação de sistemas para gestão de pagamentos em uma loja virtual. Além de viabilizar as transações feitas com cartões de crédito, débito ou boleto bancário, os sistemas de gestão de pagamentos também garantem a segurança de consumidores e lojistas.

São diversos os sistemas à escolha do empreendedor, mas é preciso avaliar o mais vantajoso tanto para clientes, quanto para o lojista. Opções como o parcelamento de compras e a existência de protocolos de segurança devem ser considerados. A cobrança acontece por um método similar à comissão paga sobre vendas com máquinas de cartão de crédito ou débito em lojas físicas.

Custos Relacionados ao Frete

Um dos aspectos de maior influência nos custos de uma loja virtual são os gastos relacionados ao envio das mercadorias comercializadas. O que costuma ser uma das características mais convenientes para os consumidores no comércio eletrônico pode ser considerado uma grande dor de cabeça para algumas lojas virtuais. Isso porque o preço do frete inclui desde o custo de embalagem de um produto – para que ele não seja danificado durante o transporte – até custo de envio seja pelo correio ou por uma empresa terceirizada dentro do prazo estipulado.

Por isso não se engane! Lojas virtuais que oferecem o frete grátis provavelmente utilizam esse argumento como estratégia de marketing, pois costumam despachar um grande número de produtos, reduzindo assim suas despesas de envio. O custo do frete muito provavelmente pode estar embutido no preço final dos produtos.

Investimento em Divulgação Online

Outra questão importante a ser considerada são os possíveis investimentos relacionados à divulgação online de uma loja virtual. Assim como acontece com as lojas físicas, as lojas virtuais necessitam receber visitas de clientes para garantirem suas vendas. Por essa razão é necessário dispor de recursos para dar início a sua divulgação, seja por meio de displays em portais de grande audiência, usando links patrocinados, SEO ou pelo conjunto de todas essas modalidades.

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *