A Juliana Padron é designer graduada em Desenho Industrial pela Universidade Mackenzie e Sócia e co-fundadora da Templateria, atua na empresa como consultora especialista em Email Marketing desenvolvendo conteúdo técnico e atuando diretamente nos projetos de seus clientes.

No segundo semestre de 2014 passou a fazer parte do time de professores da Internet Innovation

A Juliana é um bom exemplo de profissional que faz o que gosta e por isso supera as expectativas, quando conversamos com ela, e acompanhamos suas aulas, aprendemos muito mais do que a técnica e toda mecânica do e-mail marketing, aprendemos sobre relacionamento e boas práticas.

1 – Juliana, quando o e-mail marketing virou profissão na sua vida?

Em meados de 2005, quando eu trabalhava para um provedor de hospedagem de sites de pequeno porte, surgiu a necessidade da empresa otimizar a comunicação por email com seus clientes, que até então se resumia a mensagens de texto simples e automáticas enviadas pelos sistemas ERP. O objetivo era aproveitar essas mensagens periódicas para oferecer novos serviços, avisar sobre atualizações importantes e outras comunicações que tinham o objetivo de tornar mais prático o relacionamento entre empresa e cliente. Nessa época eu atuava como webdesigner e trabalhava apenas com os websites dos clientes deste provedor. Como eu sempre estava em busca de novos desafios, acabei me envolvendo nos estudos e pesquisas das práticas de email marketing e não saí mais daí rs.

 

2 – Você acha o Brasil um país maduro e consciente quando o assunto é e-mail marketing? Quais são os pontos fortes e fracos do mercado nacional?

Não acho que somos totalmente maduros, mas vejo uma considerável melhora com o passar dos anos. A cultura da compra e troca de listas de contatos (altamente não recomendada) é forte por aqui, muito difícil de vencer em alguns segmentos do mercado. Infelizmente, muitos profissionais ainda acham que o importante é a quantidade de pessoas atingidas, em vez de priorizar a qualidade da informação enviada para o seu público, mesmo que ele seja pequeno. Ainda bem que, na contramão disso e trilhando o caminho certo, surgem empresas brasileiras especializadas em email marketing e em personalização de conteúdo que, além de se destacarem pela qualidade de seus serviços, também estão “educando” empresas e profissionais e incentivando-os a adotarem melhores práticas de comunicação em seu dia-a-dia.

3 – Quais os grandes desafios para o email marketing nos próximos anos? Em 2015 podemos ter alguma surpresa?

Acredito que dois importantes desafios estarão mais presentes do que nunca: enfrentar as barreiras que os servidores vêm impondo para a entrega de grandes volumes de email e reconhecer a influência dos diferentes dispositivos móveis que temos à nossa disposição para checar emails. Chegar na caixa de entrada dos destinatários está sendo uma batalha para muitos remetentes que se vêem obrigados a entender cada dia mais sobre a tecnologia dos servidores, a dinâmica de seu mercado e o comportamento de seus contatos. Foi-se o tempo em que as pessoas dedicavam um tempo de seu dia para se conectar à internet e checar seus emails: hoje o acesso é constante, as pessoas são bombardeadas por um volume imenso de informações diariamente, carregam vários dispositivos tecnológicos consigo que lhes permitem a interação por email desde o momento que acordam até depois do apagar das luzes para dormir. Vemos também a ascensão do mobile e-commerce e, como a principal fonte de receitas desses negócios é o email, há que se incluir o estudo e a prática do responsive design na rotina dos departamentos envolvidos. Todas essas preocupações com a otimização do email marketing valorizarão ainda mais o passe do profissional de email marketing especializado, que não deve encontrar dificuldades para se posicionar no mercado.

4 – O Natal está chegando, qual a sua dica para essa data que é uma das campeãs em envio de email marketing?

Os brasileiros sempre deixam tudo pra resolver em cima da hora, mas isso não pode se aplicar ao email marketing. É preciso começar o planejamento de comunicação para esta data o quanto antes, afinal, já faltam menos de 2 meses até lá. Nesse meio-tempo, os profissionais devem aproveitar os eventos especiais que estão por vir, como a Black Friday, Cyber Monday e as datas de pagamento do décimo terceiro salário, que as pessoas devem dedicar, em parte, para os presentes de fim de ano. Com a alta saída de produtos, também é importante conciliar as informações sobre os estoques com a divulgação do email marketing para que os destinatários não recebam a oferta de um produto que já está indisponível.
Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *