Atualmente, a internet é um espaço onde encontramos informações do mundo todo por meio de diversas fontes, algumas confiáveis, outras não. Com o crescimento dessa rede de comunicação, as proporções de sua abrangência e todas as suas facilidades de acesso e publicação de informações, o volume de dados tornou-se incontrolável e, por vezes, caótico.

Depositphotos.com/SergeyNivens A web semântica tem como objetivo organizar e tornar os resultados de busca mais inteligentes.

A web semântica surgiu como solução para organizar a nossa atual rede de informações online, mas, mais do que isso, trata-se também do futuro da internet repensada de uma forma diferente de como a conhecemos hoje.

Quando realizamos a busca de um termo no Google, obtemos uma sequência de diversos resultados com temas relacionados a ele, por mais que o nosso objetivo fosse apenas encontrar a sua definição.

Em uma internet com o conceito de inteligência da web semântica, essa busca retornaria resultados mais bem definidos, devido a uma nova construção da web que visa o aprimoramento dos conteúdos, melhorando a experiência do internauta.

Mas os objetivos desta evolução não param por aí. O aperfeiçoamento da interação do usuário com a internet é uma novidade bem vinda, porém a inovação fica por conta da possibilidade de interação entre máquinas e conteúdos web.

Com a internet que conhecemos hoje, encontrar informações satisfatórias para uma pesquisa de baixa complexidade exige uma busca em meio a pilhas de informações. Dessa mesma forma, o modo como essas informações estão dispostas na rede hoje não permite que um sistema faça a leitura e realize essa pesquisa no lugar de uma pessoa.

A principal proposta da web semântica é justamente reformular os dados contidos na internet por meio de metadados que permitem a leitura do World Wide Web por uma máquina. World Wide Web nada mais é do que o conhecido WWW, responsável por possibilitar a nossa leitura das informações da internet com o uso de um navegador.

Um computador capaz de entender o significado das informações encontradas na web pode auxiliar diversas atividades humanas e facilitar o dia a dia de usuários comuns. A web semântica propõe que máquinas encontrem e associem informações de buscas, realizando atividades que hoje fazemos manualmente.

Por exemplo, a compra de produtos online ou até mesmo serviços como uma viagem de três semanas para dois destinos diferentes e diversas restrições de preço, localização do hotel e preferência por companhia aérea poderiam ser facilmente realizados com um simples comando em um computador com a web semântica.

Isso seria possível, pois os sites que conhecemos hoje permaneceriam com as mesmas linguagens, da forma como entendemos. A diferença é que eles também teriam essas mesmas informações disponíveis em metadados legíveis para uma máquina.

Então, um programa no computador seria capaz de encontrar, comparar e verificar as informações buscadas antes de realizar a compra com segurança. Esse programa é chamado de agente e seria capaz de realizar em segundos o que uma pessoa levaria horas para concluir.

O conceito de web semântica surgiu há mais de dez anos como um projeto do físico inglês Tim Berners-Lee, também criador do World Wide Web. Com todos esses anos desde a sua concepção, a web semântica ainda não foi implantada, pois encontra algumas dificuldades em sua aplicabilidade.

Uma delas é a necessidade de tempo e recurso das empresas para adicionar os metadados em seus sites quando, a princípio, ainda não encontram nenhuma vantagem para investir nesta tarefa tão complexa.

Como toda inovação, a web semântica caminha para o conhecimento popular enquanto pesquisadores e desenvolvedores trabalham para a sua realização. Por fim, é importante esclarecer que não se trata de um sistema de inteligência artificial atribuída a computadores, mas sim de uma infraestrutura de banco de dados e aplicativos para web que prometem revolucionar a nossa experiência com a internet.

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *