Lojas virtuais open source são plataformas de e-commerce criadas por comunidades de desenvolvedores e disponibilizadas para livre utilização. Os códigos destes sistemas são elaborados de forma colaborativa e colocados para download gratuito, oferecendo uma ótima oportunidade para quem deseja ingressar no comércio eletrônico.

Pixabay.com/geralt Lojas virtuais open source são criadas por desenvolvedores e disponibilizadas para download gratuito.

Este modelo de plataforma surgiu em 2002 e de lá pra cá se popularizou na web. Hoje, as plataformas open source mais utilizadas – a osCommerce e a Magento – respondem juntas por mais de 50% lojas online. As duas contam com uma grande comunidade de desenvolvedores, disponibilizando upgrades e atualizações para o aprimoramento das funcionalidades.

Estes programas fornecem desde o catálogo para exposição dos produtos, relatórios de transações, métodos de pagamento, frete, até o gerenciamento de pedidos e outras etapas administrativas do processo. Cada um, porém, conta com funcionalidades diferentes. A Magento, que vem aumentando sua popularidade entre os empreendedores do e-commerce, apesar de mais complexa, disponibiliza uma grande quantidade de funções – com destaque para o aprimoramento das opções de SEO –, o que tem sido um diferencial na hora da opção pelo sistema.

Mesmo sendo sistemas gratuitos, as plataformas open source também exigem investimentos, tanto para a implantação e configuração como para a customização. Isso porque, apesar dos recursos já incluídos no programa, é necessário o desenvolvimento de ferramentas para atender necessidades específicas de cada negócio e garantir um diferencial competitivo.

Essas modificações, porém, apesar de necessárias, podem não ser vantajosas nos modelos open source. As customizações realizadas muitas vezes modificam as características da solução, o que dificulta – ou impossibilita, em alguns casos – a instalação de novas funcionalidades disponibilizadas pelos desenvolvedores.

Portanto, antes de se decidir pelas soluções open source, é necessário analisar detalhadamente as exigências de seu projeto, todas as funções técnicas envolvidas, assim como as funcionalidades oferecidas por cada plataforma, para evitar eventuais problemas como o gerenciamento ou limitações do sistema.

 

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *