Segundo pesquisa do Content Marketing Institute, divulgada nesta quarta-feira, 1, a maioria dos profissionais de marketing B2B utilizam o content marketing como estratégia de aproximação.

A quinta edição do estudo anual “2015 B2B Content Marketing Benchmarks, Budgets and Trends” baseou-se em uma pesquisa online feita com mais de 1,8 mil empresas de marketing B2B norte-americanas em julho e agosto deste ano.

O resultado revelou que 86% dos entrevistados utilizam content marketing como parte da sua estratégia. Entretanto, 48% afirmam não documentá-la e 35% registram a ação.

Manter uma estratégia de gerenciamento de conteúdo documentada parece surtir efeito; 60% dessas empresas apresentam alto grau de eficiência em content marketing, em comparação aos 32% que obtêm sucesso apenas com um plano verbal.

Mensurar o ROI em content marketing permanece um desafio. Apenas 21% dos profissionais dizem conseguir monitorar com sucesso esse retorno, embora 35% das empresas que registram sua estratégia alegam ser bem-sucedidas nesse monitoramento.

Apesar dos desafios, 70% das empresas B2B estão criam mais conteúdo do que há um ano, mesmo aquelas que se julgam menos eficazes (58%) e as que não apresentam qualquer tipo de estratégia (56%). Além disso, 55% dessas companhias planejam aumentar o orçamento destinado a content marketing nos próximos 12 meses.

Atualmente, essas empresas investem cerca de 28% do seu orçamento total de mídia em content marketing. Porém, as marcas mais bem sucedidas alocam uma média de 37% e as menos eficazes, apenas 16%.

Os métodos mais utilizados em content marketing são redes sociais (92%), newsletter (83%), artigos no site da companhia (81%), blogs (80%), eventos presenciais (77%), estudos de caso (77%) e vídeos (76%). Em termos de eficiência, as estratégias mais adotadas são eventos presenciais (69%), webinars ou webcasts (64%), vídeos (60%) e blogs (60%).

Com relação às plataformas de social media, as mais utilizadas foram: LinkedIn (94%), Twitter (88%), Facebook (84%), YouTube (72%) e Google+ (64%). O LinkedIn também foi classificado como a rede social mais eficaz (63%), seguido por Twitter (55%), YouTube (48%) e SlideShare (42%).

Já os principais canais publicitários pagos utilizados para o content marketing foram search engine marketing (58%), impresso ou outras promoções off-line (52%), anúncios em banner online (49%) e anúncios em redes sociais (48%).

Fonte: Proxxima

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *