Você deve conhecer o WordPress caso já tenha administrado um blog ou um site. Mas, a plataforma para gerenciamento de conteúdos há muito tempo deixou de ter somente essa finalidade. Aspectos como sua versatilidade e facilidade de uso também fazem dele uma ótima escolha como plataforma para e-commerce. Se você já está habituado a usá-lo em blogs ou websites e deseja implementar uma loja virtual, saiba que esta é uma solução bastante conveniente.

Depositphotos.com/maxxyustas A versatilidade do WordPress tornou a plataforma ideal também para lojas virtuais.

Utilizar o WordPress como ferramenta para o comércio eletrônico serve como uma opção acessível e bastante confiável, e o próprio diretório de plugins do WordPress oferece algumas opções de ferramentas para lojas virtuais.

Se você deseja criar uma loja virtual usando o WordPress, sugerimos aqui utilizar o WP e-commerce, um dos plugins mais usados para gerenciar sites de comércio eletrônico e que também está disponível em português. Além de integrar funcionalidades específicas para lojas virtuais, o WP e-commerce funciona como uma plataforma compatível com linguagens HTML e CSS.

Após efetuar a instalação do plugin e das gateways de pagamento junto à plataforma, é hora de ir à procura de temas (themes) para sua loja virtual em WordPress. Para isso é necessário escolher um tema compatível com o WP e-commerce. Quem já está habituado a utilizar o WordPress em sua página de internet vai se surpreender com a disponibilidade de temas existentes. Alguns deles são pagos, mas permitem a criação de uma loja virtual com aparência extremamente profissional.

Nessa etapa é importante escolher temas que incorporam as tecnologias de design responsivo, que se adaptam às telas do dispositivo usado pelo usuário, entre computadores, tablets e smartphones. Falhas de design em uma loja virtual podem frustrar os usuários e até mesmo fazer com que eles abandonem a compra.

A implantação de sites de e-commerce com o WordPress é simples e um dos poucos aspectos ruins é com relação às lojas virtuais que operam grandes volumes de transações ou com grande quantidade de produtos. O grande número de operações gerenciadas pode ocasionar lentidão e tornar as lojas pesadas demais para serem suportadas pela plataforma.

Desenvolvedores mais experientes talvez prefiram utilizar o Magento por conta de sua extrema flexibilidade e inúmeras possibilidades de customização. Nessa postagem você pode conferir mais detalhes a respeito dessa outra plataforma para e-commerce.

O curso de e-commerce da Internet Innovation traz diversas perspectivas sobre as tecnologias de lojas virtuais disponíveis no mercado. Visite a página do curso e descubra mais.

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *