São Paulo – Um relatório da empresa de segurança Eset para outubro destaca que os dispositivos móveis foram o principal foco dos cibercriminosos.

As táticas mais recorrentes no período são as aplicações maliciosas e, na América Latina, o envio de SMS com o intuito de registrar o usuário em um serviço pago para envio de mensagens.

A empresa observou diversas apps com o nome “Gone in 60 seconds” na Android Market, que se disfarçavam como aplicativos de backup. Depois de sincronizar as informações com um servidor externo, que pode ser checado por crackers, o usuário tinha de pagar 5 dólares para ter seus dados de volta.

Pelo preço relativamente baixo para o resgate, o golpe pode passar despercebido para alguns usuários. É preciso ficar atento aos aplicativos, ler com cuidado as avaliações de outros usuários e recorrer a desenvolveres confiáveis.

Fonte: info

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *