38% das empresas que atuam no setor de e-commerce na Europa e Estados Unidos estão realizando algum teste de usabilidade para otimizar a conversão de seu empreendimento, o que representa um aumento de 40% em relação aos 27% que já utilizavam tais métodos no ano anterior, de acordo com um relatório divulgado em outubro de 2011 pela Econsultancy em parceria com a RedEye. Dados do estudo “Conversion Rate Optimization Report 2011? indicam que a proporção de empresas que efetuam diversos testes em seu site aumentou 40% no ano anterior, subindo de 17% para 24%. Enquanto isso, os testes A/B se tornaram o método mais utilizado para melhorar a taxa de conversão, com 53%, seguido por análise do trajeto do cliente (Funis) (47%) e otimização por cópia (44%). Dentre as agências pesquisadas, 62% afirmam que seus clientes costumam fazer uso de testes A/B e 55% da otimização por cópia, queda de 20% em relação aos 68% verificados em 2010.

2 em cada 3 planejam realizar testes A/B

67% das empresas inclusas no levantamento afirmam que planejam empregar o teste A/B no futuro, parcela superior a que pretende fazer uso da análise do trajeto do consumidor (59%) e otimização por cópia (56%). O estudo também mostra que as empresas deram maior importância para os testes de usabilidade em comparação de base anual: em 2010, 34% dos comerciantes planejavam realizar algum teste do gênero, proporção que aumentou para 50% em 2011, enquanto a análise do abandono de carrinho de compras saltou 70%, subindo de 27% para 46%.

Apesar de a maioria (67%) das agências acreditarem que seus clientes (empresas) planejam fazer uso de testes A/B, a perspectiva dos clientes é bem diferente: enquanto uma parcela de 37% das agências afirma que seus clientes planejam utilizar pesquisas online / feedback dos consumidores, 55% dos comerciantes afirmam possuir esta intenção, diferença que também existe quanto ao uso de emails ativados por eventos comportamentais ( 41% por parte das agências e 52% pelas empresas).

Testes A/B se tornam os mais importantes para as empresas

Quase todas as empresas (97%) afirmam considerar o teste A/B de suma importância para seus empreendimentos, com 52% afirmando ser altamente ou bastante (45%) eficaz para o aumento da taxa de conversão, o que o posiciona em primeiro lugar entre os métodos de otimização. A despeito do emprego relativamente menor (24%) de testes multivariados para aumentar estas taxas por parte das organizações, uma fração de 51% considera o seu uso altamente valorável, um pequeno aumento em relação aos 48% que afirmam o mesmo no ano anterior. Além disso, 49% dos comerciantes afirmam que a análise do trajeto dos consumidores é altamente eficaz, enquanto 46% falam o mesmo para os testes de usabilidade. Dentre as agências, 41% afirmam que seus clientes acreditam que os testes A/B e os de abandono de carrinho de compras sejam altamente eficazes.

 

Fonte: Ecommerce News

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *