A importância do Inbound Marketing para conquistar clientes

 

Quem é do meio digital, já deve ter ouvido bastante o termo inbound marketing. Se você nunca ouviu, tem a obrigação de ler esse artigo até o fim (prometo fazer um texto enxuto e bem explicativo). Se você já sabe de inbound, nunca é demais relembrar sobre esse assunto importante e buscar adquirir algum conhecimento extra. Assista ao nosso webinar gratuito de Introdução ao Inbound Marketing

Esse termo, usado com mais frequência em inglês, nada mais é do que um marketing de atração, focado nas pessoas que são público-alvo do seu produto/serviço.

Cabe à empresa fazer um “marketing que não tenha cara de marketing” para conquistar esse potencial cliente. A ideia é despertar a atenção do usuário e construir um relacionamento personalizado, para que ele vire seu cliente.

Nosso attention span (tempo que conseguimos ficar concentrados em algo até termos nossa atenção desviada) era de 12 segundos no ano 2000 e caiu para 8 segundos em 2015. Um peixe dourado tem um attention span maior do que o nosso: 9 segundos! E como conseguir a atenção de uma pessoa, se ela tem menos tempo de concentração do que um peixe dourado? Esse é um dos grandes desafios do marketing digital e, no inbound marketing, ainda maior quando se trata de gerar conteúdo que, além de ter a atenção do usuário, faça com que trilhe na jornada do consumidor até a compra de seu produto/serviço.

Hoje em dia, o celular deixou de ser a segunda tela para se tornar a primeira, é nele que fazemos tudo. Ele é nosso principal aliado e inimigo na hora de tentar despertar a atenção de um lead. Se a mensagem não for atrativa e personalizada, dificilmente conseguirá sequer ser lida pela pessoa.

Antes de escolher as ferramentas mais adequadas para o inbound, é preciso entender a jornada do seu consumidor, que é composta por 4 etapas, e trabalhar, de forma personalizada e estratégica, em cada uma delas:

  • Aprendizado e descoberta: a pessoa não faz ideia do que quer/precisa comprar. O recomendado é fazer materiais mais superficiais, com conteúdo não muito técnico e simples de ser compreendido, para chamar sua atenção para o problema.
  • Reconhecimento do problema: abordagem um pouco mais específica, com materiais explicando por que a pessoa tem aquele problema e por que aquilo é um problema para ela.
  • Consideração da solução: agora é a hora de mostrar que o seu produto/serviço é a solução para o problema da pessoa. Momento de vender, mostrar os seus benefícios. Nesta etapa da estratégia, você pode adotar conteúdo digital ou até mesmo ter sua equipe abordando diretamente o lead, já quente a esta altura.
  • Decisão de compra: entrar em detalhes mais específicos do produto/serviço, falar de preço, formas de pagamento…

Em cada umas dessas etapas será abordado um conteúdo diferente, sempre focado em entregar o que chamamos de vitória, para que a pessoa, ao ler o conteúdo, tenha, de fato, um aprendizado que a permita subir um degrau, ao mesmo tempo em que seja atraída para seu próximo conteúdo dentro da jornada do consumidor.

Você pode saber mais detalhes estratégicos e ferramentas para fazer suas ações de inbound marketing no nosso  curso de Inbound Marketing. Agora, se quiser virar um ninja de Marketing Digital, faça nosso curso de Especialista de Marketing Digital, que conta com a disciplina de Inbound Marketing.

 

Escrito por: Flavia Codelo.