A velocidade de carregamento de uma página de internet é um dos atributos essenciais para proporcionar uma boa experiência de navegação ao usuário. A lentidão pode causar enorme frustração aos visitantes e até fazer com que alguns deles abandonem o site. Algo que em muitos casos pode significar perda de clientes e de receita.

Depositphotos.com/feedough O Google PageSpeed é uma ferramenta criada para melhorar a velocidade de carregamento de uma página.

O próprio Google vem demonstrando ao longo de sua história que a experiência do usuário é um dos aspectos mais valorizados pela empresa. Foi por essa razão que, em junho de 2009, a empresa lançou o Google PageSpeed, uma ferramenta criada para que os webmasters pudessem melhorar o desempenho de suas páginas de internet quanto à velocidade de carregamento.

Esse parâmetro já era utilizado como referência para compor o índice de qualidade dos anúncios do AdWords. Porém, o lançamento do Google PageSpeed indicou que a empresa poderia passar a considerar, em breve, mais essa característica como fator de posicionamento dos sites em seus resultados de busca. Algo que ocorreu entre o final de 2009 e começo de 2010.

Do ponto de vista do SEO, a mudança não trouxe alterações significativas no posicionamento dos sites e os critérios de relevância continuam a ser os mais importantes para determinar a ordem dos resultados de pesquisa do Google. Entretanto, é sempre importante levarmos em conta a realidade de muitos usuários no Brasil, já que ainda nem todos têm acesso às altas taxas de velocidade de acesso à internet. Os especialistas apontam que no futuro os mecanismos de pesquisa passarão a dar cada vez mais importância ao desempenho dos sites em seus critérios de posicionamento.

Diversos elementos de uma página de internet podem exercer influência sobre a velocidade de carregamento, mas geralmente a lentidão é causada por imagens e arquivos em formatos Javascript ou CSS. Outro ponto de grande controvérsia é a diferença que pode existir com relação ao tempo de carregamento entre os alguns navegadores de internet.

Abaixo você pode conferir uma pequena seleção com ferramentas para avaliar o desempenho das páginas de internet. Não se esqueça de comparar os resultados vindos de diferentes ferramentas:

Google PageSpeed

O sistema de análise do Google PageSpeed é capaz de automaticamente otimizar imagens e sugerir mudanças baseadas nas melhores práticas para a melhoria do desempenho. O PageSpeed foi lançado como uma extensão para o Firebug, outra ferramenta para desenvolvedores integrada ao FireFox. Webmasters que já utilizam o Google Analytics podem contar com a integração com essa ferramenta diretamente.

Uma consideração a ser feita, a respeito da análise de velocidade de carregamento das páginas de internet obtida com o Google PageSpeed, é que não necessariamente um site com pontuação máxima carregue mais rapidamente do que um site que atinja a metade desta pontuação. Isso porque a velocidade depende da quantidade de arquivos e de elementos de programação. É sempre recomendável que o webmaster faça o comparativo de velocidade de carregamento com sites concorrentes.

Pingdom, WebPagetest e Load Impact

As ferramentas Pingdom, WebPagetest e Load Impact contam com relatórios detalhados e permitem que você realize testes em diferentes versões de navegadores até mesmo com variações de locais de acesso. Confira as diferentes opções de análise de conteúdo e as recomendações para a melhoria de desempenho.

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *