Quando falamos em transmídia estamos nos referindo ao uso de algumas mídias para contar uma história ou transmitir uma mensagem a determinado público. E embora esse termo já exista há muitos anos, atualmente, ele apresenta mais recursos para transcender essa mensagem: a era da internet, onde as mídias sociais possuem um papel muito importante para a disseminação da informação.

Depositphotos.com/Vasilev_Ki A estratégia de transmídia utiliza diversos meios para transmitir uma mensagem ao público.

Essa é uma estratégia utilizada pelo marketing como forma de propagar uma ideia ás pessoas de forma efetiva, ou seja, através de um recurso que realmente atraia a atenção delas. O uso da transmídia é ainda mais importante mediante o cenário que vivemos – somos bombardeados diariamente por informações, e por isso, só nos atentamos ao que realmente nos interessa ou é diferente. E histórias são interessantes e envolvem as pessoas.

Vale mencionar que a história aplicada a transmídia deve apresentar em seu contexto os valores da marca e não apenas a trajetória ou jornada de herói, por exemplo. É interessante, portanto, que valores e enredo estejam aliados de forma interessante e atraente.

Fazer transmídia não é uma tarefa fácil, mesmo porque é uma ferramenta que requer conhecimento em diversas áreas não só a de marketing, pois designer e cinema, por exemplo, também são bastante importantes.

E como já dito, a transmídia é um conjunto de mídias que contam juntas uma determinada história. A questão é que como cada uma das mídias possui suas características próprias, elas contribuirão de forma específica para o enredo.

Já a cultura da convergência, trata-se de um conceito abordado no livro de Henry Jenkins que trás esse mesmo título. Para Henry, as formas de comunicação tendem cada vez mais a convergirem para um único meio.

Segundo o autor, todas as principais mídias estão sendo influenciadas pela internet como uma forma de adaptação às transformações culturais, sociais e mercadológicas que ela trouxe aos meios de comunicação.

Seguindo essa teoria, a convergência se aplica apenas ao modo como as informações serão produzidas, veiculadas e consumidas, mas não diz respeito ao aparelho por onde isso irá acontecer. Por exemplo, a promoção de uma marca ou mensagem, atualmente, tende a concentrar-se nos meios de comunicação tecnológicos, como a internet, mas os receptores da mensagem não utilizam apenas o celular ou o computador para serem impactado por essa ação.

A cultura da convergência procura explicar os fundamentos da sociedade que se desenvolveu em torno das tecnologias e da internet, tornando-a capaz de produzir o seu próprio conhecimento e compartilhá-lo com o resto do mundo.

Aplicar esse conhecimento às formas de comunicação atuais faz com que a empresa construa uma relação efetiva com o seu consumidor. A busca por interatividade e informação faz com que um produto, site ou serviço tornem-se importantes para esse consumidor, desde que tragam o conteúdo que ele considera relevante e da forma mais apropriada.

 

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *