A Taxa de Rejeição apresenta o percentual de usuários que visitou o seu site, visualizou apenas uma página e saiu sem clicar em nenhuma outra. Ela é calculada sobre o total de visitantes e pode ser entendida da seguinte forma: um site que tem 70% de taxa de rejeição, 70 pessoas em cada 100 saíram da “página de entrada” sem conhecer as demais.

Depositphotos.com/ml12nan Considera-se “aceitável” a taxa que varia entre 30 a 45%.

Este dado pode ser extraído através de ferramentas gratuitas como o Google Analytics e Woopra. Com o Google Analytics é possível verificar rejeições específicas por palavras-chave e identificar quais expressões precisam de melhorias no conteúdo para tentar reverter a rejeição.

Apesar de não ser um fator que afeta diretamente o posicionamento do site nos resultados de pesquisa – uma vez que o Google não conhece a taxa de rejeição de todos os sites que são indexados –, este número não deve ser ignorado. A Taxa de Rejeição pode ser um indicativo de qualidade do conteúdo. Afinal, se o usuário não quis conhecer outras páginas de seu site uma das possibilidades é que tenha achado seu conteúdo desinteressante.

No entanto, não é possível afirmar que altas taxas de rejeição são, em todos os casos, indicadores de conteúdo fraco. Isso porque existem outros pontos que devem ser considerados. O tempo de permanência na página, por exemplo, não é levado em conta no cálculo da taxa de rejeição. Portanto, na hora de avaliar este número leve em consideração também o “Tempo Médio no Site”, índice dado pelas ferramentas de análise.

Há ainda os blogs que exibem artigos completos na página principal. Nestes casos, o visitante pode ter lido diversos textos, gostado do conteúdo e não clicado em outra página simplesmente por não haver necessidade. Por este motivo, não há como generalizar este dado como base para analisar a qualidade do site.

Obter uma taxa zero de rejeição é praticamente impossível. Por não haver um padrão ideal, considera-se “aceitável” a taxa que varia entre 30 a 45%. Alguns ainda defendem que para uma página com apenas texto 70% seria um bom valor, e para as que trabalham com vídeos e links o ideal é se manter abaixo de 50%.

Caso seu site/blog apresente uma taxa que considere preocupante, é importante fazer uma avaliação do conteúdo e verificar o que pode ser trabalhado de maneira diferente. Melhorias no layout, na organização das informações, inclusão de links para outros artigos, categorias bem estruturadas e textos concisos são alguns pontos que podem ajudar a tornar a página mais interessante.

Internet Innovation

8 thoughts on “Qual a taxa de rejeição aceitável para um site?

  1. Eros says:

    Tenho dois blogs:
    1) conteúdo variado com taxa de rejeição de 87% (desanimador!) ; e
    2) conteúdo adulto – com muitos textos acessados – oscila nos últimos 60 dias entre 9,5 a 14% mesmo me valendo vez por outra de agregador de link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *