Desde que o norte americano Larry Page idealizou o que para ele seria um mecanismo de busca online perfeito, o então co-fundador da Google e atual CEO, deu origem a um dos sites mais acessados no mundo. Estamos falando do famoso buscador Google e de uma das principais empresas líder em inovação no mercado de TI.

Depositphotos.com/prykhodov O Google é hoje o principal buscador da web e uma das princpais empresas de inovação no mercado de TI.

Considerada hoje um gigante em tecnologia web, o potencial dessa corporação é medido pelas suas realizações, sempre completas e inovadoras, além dos seus altos investimentos em busca do desenvolvimento da tecnologia e da evolução da internet.

Oferecendo serviços na web que vai desde ferramentas de pesquisa, domínio de e-mail e navegador, até publicidade online, aplicativos, redes sociais e sistemas operacionais. Dessa forma, fica difícil encontrar um usuário ativo na rede que não utilize pelo menos uma das facilidades proporcionadas por esses serviços.

A empresa existe a um tempo relativamente curto, pois foi fundada em 1998 e ainda assim, diante de todos os seus feitos, tornou-se uma referencia ao longo desse tempo. Percebemos, então, a sua importância para a internet, já que ela tem como missão “organizar as informações do mundo e torná-las mundialmente acessíveis e úteis”.

Partindo desse princípio, observamos algumas ações realizadas que vão de encontro com esses objetivos. No dia 7 de outubro deste ano, a Google anunciou sua uniu a outras grandes empresas do ramo da tecnologia, como Facebook, Microsoft e Intel, em um grupo chamado A4AI, ou, Alliance for Affordable Internet.

O objetivo principal desse projeto é levar internet banda larga a todos os países emergentes e em desenvolvimento por um preço totalmente acessível. Aliado aos governos e a algumas ONGs, o grupo, que surgiu por iniciativa da Google, pretende que suas metas sejam atingidas até 2015.

Outro projeto da empresa, que também visa facilitar o acesso à internet em áreas de difícil alcance da tecnologia, é o Loon. Com o uso de tecnologias desenvolvidas para esta finalidade, o projeto prevê o uso de balões que flutuam pela atmosfera e permitem a chegada do sinal de conexão wi-fi a estas áreas.

O Brasil, representado pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernado, estuda a adoção dessa tecnologia para o nosso país, que tem sérias dificuldades no fornecimento de acesso a banda larga de qualidade, devido a fatores como a falta de investimentos em infraestrutura.

Esse posicionamento de entusiasta do mundo da web, e seus grandes investimentos por um mundo com mais acessos à internet, também é alvo de muitas críticas.

Uma dessas críticas de maior repercussão foi feita justamente por outro grande nome da tecnologia, que também é conhecido por seu engajamento em causas filantrópicas, Bill Gates.

Segundo o ex CEO da Microsoft, “Quando você está morrendo de malária, olha para o céu e vê aquele balão, não sei como aquilo pode ajudá-lo”.

Para a Google, é muito importante que se invista na solução de doenças que castigam tantas pessoas pelo mundo, mas ao mesmo tempo, pode-se também utilizar outros recursos em tecnologias que podem contribuir para o desenvolvimento humano, já que a internet possibilita também o acesso à educação e cultura, por exemplo.

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *