O e-mail marketing é uma das principais ferramentas de marketing digital. Quando utilizado de maneira correta, pode representar 30% ou 40% do faturamento de um e-commerce. Para aproveitar todo o seu potencial, no entanto, é preciso, além do planejamento estratégico da campanha, alguns cuidados para evitar que seja caracterizado como SPAM.

Depositphotos.com/alexroz Para garantir bons resultados com e-mail marketing é preciso, primeiro, evitar que seja identificado como SPAM.

É comum as pessoas associarem e-mail marketing com SPAM. A diferença essencial entre eles é que o SPAM é enviado sem a permissão do receptor. Na estratégia de e-mail marketing, as empresas contam com uma base de e-mails cadastrados pelos próprios usuários, através do opt-in – a ‘caixinha’ dos formulários que o cliente marca dizendo “Gostaria de receber as novidades e promoções”.

Para evitar que seu e-mail seja classificado como mensagem indesejada pelos sistemas anti-spam, existem algumas dicas que podem ser aplicadas e costumam trazer bons resultados. Confira:

Mailing Opt-in

Construa a sua própria lista de e-mail, através do opt-in no momento do cadastro ou inserido em outras estratégias para atrair e reunir usuários interessados em recebê-los. Um erro que muitas empresas cometem é o de comprar listas de e-mails. Apesar do grande volume de destinatários, muitos não ficarão satisfeitos em receber e-mails indesejados e poderão marcá-los como SPAM.

Escolha uma ferramenta de envio

É importante escolher um serviço de envio de mensagens para evitar a classificação como SPAM. Isso porque, quando enviados diversos e-mails de um mesmo IP, os servidores costumam identificar como mensagem indesejada. As ferramentas de envio possuem IPs espalhados no mundo, o que elimina o problema. Aqui no blog, já apresentamos algumas empresas que realizam este serviço gratuitamente.

Evite termos de baixa reputação

Por serem usados com frequência em SPAM, alguns termos são associados automaticamente a mensagens indesejadas pelos sistemas anti-spam. Evite, portanto, as palavras “promoção”, “grátis”, “oferta”, “compre”, “imperdível”, “crédito”, etc. Outra dica importante é não usar acentos gráficos e não colocar o assunto do e-mail em caixa alta.

Mensagens em HTML

Mensagens sem programação HTML – apenas com imagens – têm muito mais chance de serem entendidas como SPAM. Portanto, mapeie , insira hiperlinks e, nos endereços das imagens, não use as palavras que geralmente são associadas a SPAM, como mostramos acima.

Quer conhecer os segredos para obter ótimos resultados com essa estratégia? Inscreva-se no Curso de E-mail Marketing da Internet Innovation. Além da entregabilidade, o curso aborda práticas referentes à personalização, segmentação e relevância da mensagem. Confira a programação completa e outros detalhes em nosso site.

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *