A internet tem mesmo vocação para abrigar iniciativas empreendedoras. Não é uma simples coincidência o fato de tantas empresas de internet terem surgido nas mãos de pequenos empreendedores vindos de outras empresas ou recém-saídos de universidades. Apostar no próprio negócio por meio do empreendedorismo digital também parece estar entre as escolhas de quem quer investir no seu próprio negócio por aqui. O país não só reúne condições favoráveis para o aparecimento de novos negócios na rede, como também concentra uma grande quantidade de profissionais com perfil empreendedor.

Depositphotos.com/violetkaipa O cenário digital brasileiro oferece oportunidades promissoras para novos empreendedores.

O empreendedorismo digital no Brasil tem aparecido como uma alternativa para quem busca sua independência financeira. Fatores econômicos como a consolidação do mercado interno e as facilidades para obter crédito indicam que esse é um momento com boas oportunidades de negócio. O aumento no número de internautas e a popularização do acesso por meio de dispositivos móveis fazem da internet um dos ambientes de negócio com maior potencial de crescimento.

O comércio eletrônico é um exemplo de como o empreendedorismo digital pode gerar bons resultados, especialmente para os mercados de nicho. A facilidade de implementação de lojas virtuais tem feito com que cada vez mais pessoas apostem nesse segmento. E para se ter uma ideia, o setor deve faturar este ano cerca de R$ 28 bilhões, segundo projeções reveladas pela pesquisa e-bit, um crescimento de quase 25% em relação ao ano de 2012.

Outros segmentos como o de desenvolvimento de aplicativos e o de mídia social e conteúdo despontam como novidades no empreendedorismo digital, mas atraem um número cada vez maior de profissionais. Assim como acontece com o mercado de publicidade online, que registra consecutivos aumentos nos investimentos em anúncios.

Perfil empreendedor

O perfil de quem busca empreender no mercado digital brasileiro também não é muito diferente do perfil empreendedor de outros países. Com idades entre 25 e 34 anos e alto nível de escolaridade, os empreendedores brasileiros demonstram que estão dispostos a aproveitar as oportunidades.

Segundo dados colhidos pelo Sebrae na pesquisa Global Entrepreneurship Monitor de 2012, 44% dos brasileiros desejam se tornar dono do próprio negócio. Informações da mesma pesquisa revelaram que quase 70% dos empreendedores do país abriram o seu negócio porque identificaram oportunidades no mercado. Esse índice tende a subir conforme o aumento do nível de escolaridade entre os empreendedores.

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *