Vamos falar sobre tráfego engajado.

Ao chegar as estatísticas do Moz, percebemos que enquanto o número de visitas via Facebook tem caído, o tráfego via Google+ começou a ter um número significativo para comparar.

trafego-1

Enquanto nem todos têm audiência ativa no Google+, o número de pessoas que interagem socialmente com qualquer produto Google em um mês ultrapassa os 500 milhões.

O que é diferente no Google+ é que, além das visitas diretas que observamos, o Google oferece à equipe de marketing a oportunidade de interagir com os visitantes por diversostouch points, incluindo YouTube e diretamente no resultado de buscas. Isso significa que para os visitantes que se engajam com o seu site via Google+, os canais de tráfego potenciais são multiplicados.

Para que isso funcione, é preciso que seus visitantes realmente se engajem.

Especialistas em Facebook e Twitter sabem disso e têm melhorado sua expertise em criar engajamento ao longo dos anos. Engajamento com o Google+ significa um novo conjunto de táticas e boas práticas. E é exatamente nisso que eu vejo especialistas ficarem aquém das expectativas e perderem ótimas (e fáceis) oportunidades.

Vamos ver aqui como dar “super poderes” ao nosso engajamento com o Google+

1. Títulos/Headlines, sempre

Quanto mais os usuários repararem em seus posts no Google+, mais provavelmente eles vão se engajar. O desafio é se destacar no enorme oceano de posts.

Mas as primeiras coisas primeiro. Diferentemente de outras plataformas sociais, os posts no Google+ agem mais como miniposts de blog, e todo post precisa de um título. E um título não só vai fazer seu post se destacar mais, mas o Google utiliza as primeiras palavras dele de duas formas diferentes:

  1. Ele incorpora o seu título na title tag do post
  2. O título geralmente é o que é mostrado nos resultados de busca do Google

trafego-2

Um bom título pode ajudar o seu post a se destacar nos resultado e influenciar muito o número de pessoas que vai visualizar o post e clicar no seu conteúdo.

Use um título, uma headline. Sempre.

2. Formatar para atrair atenção

Sempre quebre longos blocos de texto com formatação adequada para que eles sejam mais fáceis de visualizar e ler. Isso permite que você se comunique mais claramente e faz com que seu texto seja mais acessível.

Além do negrito (bold) no título, copie e cole os formatos da cheat sheet abaixo e componha um post que se destaque do restante.

G+ Formatting Cheats:

*This is a Bolded Headline*

_ Italic_
*Bold*
-Strikethrough-

Mix and match styles: _*Bolded Italic*_

Numbered List:
*1.* Point One
*2.* Point Two
*3.* Point Three

Bulleted List:
• Point 1
• Point 2
• Point 3

Link: http://example.com

#hashtag1 #hashtag2

How it Looks:

3. Use palavras!

Google+ é uma mídia tanto visual como de texto, então faça ambos valerem!

Não tenha medo de escrever posts longos. Em vez de simplificar e postar um link para o seu conteúdo, e ficar ali torcendo por ele, faça um resumo com os pontos importantes. Explique por que vale a pena clicar no link. Dê às pessoas um contexto que torne mais fácil para que elas cliquem e compartilhem.

Um exemplo pessoal de textos no Google+ onde eu usei um formato longo:

Os poucos minutos que você leva para anotar seus pensamentos pode resultar em inúmeros compartilhamentos e milhares de novas visualizações ao seu conteúdo.

4. Use imagens também

A maioria dos top posts no Google+ usa imagens. Na verdade, o post mais popular que eu pessoalmente compartilhei era um simples GIF animado.

trafego-3

Para aumentar o número de compartilhamentos, é melhor subir a sua própria foto.

Por padrão, Google+ tenta incluir uma imagem para qualquer URL que você compartilhar. A menos que você defina as imagens corretamente no Open Graph e as social meta tags, as imagens geralmente não são as ideais, ou possuem um tamanho errado.

Quando você faz o upload da sua própria imagem, a imagem é linkada para a versão de tamanho completo, não para a URL que você quer compartilhar. Nesse caso, não esqueça de incluir o link dentro do texto.

5. Compartilhar de forma inteligente > direcionado

A maioria das pessoas publica os posts como “públicos”, pensando que isso vai oferecer uma exposição maior. Na verdade, há uma forma muito mais efetiva de ganhar exposição para o seu melhor conteúdo, desde que você não abuse disso.

Ao também adicionar os seus círculos e selecionar indivíduos nas suas configurações de compartilhamento, você gera uma notificação para aqueles usuários com quem compartilhou diretamente.

Use isso de forma sábia, essas notificações podem influenciar muito a quantidade de atividade em um post.

trafego

Atenção: quando o compartilhamento direcionado é usado em demasia, geralmente se transforma em spam. Seja cuidadoso com o que você compartilha.

Escolha apenas os melhores e mais importantes posts.

Por incrível que pareça, o Google+ também permite que você notifique as pessoas nos seus círculos via e-mail para compartilhar algo com eles. Para que isso funcione, os usuários devem ter as notificações de e-mail configuradas corretamente. Seja ainda mais cuidadoso com essa função, pois pode afastar as pessoas rapidamente!

***
Na próxima parte, veremos as cinco dicas restantes, que englobam hashtags, comentários e posts interativos.
***
Este artigo é uma republicação feita com permissão. Moz não tem qualquer afiliação com este site. O original está em http://moz.com/blog/google-plus-tips-seo

Via @iMasters – Cyrus Shepard

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *