Como o copywriting é excelente chave de vendas do novo Marketing


Você sabe o quanto o copywriting pode contribuir com o seu site? Confira aqui como ele contribuiu e por que é conhecido como novo marketing!

A tecnologia traz novas formas de fazermos as coisas, e o marketing não ficou de fora. O novo marketing, hoje, é feito em grande parte em meio digital. E a menina dos olhos do marketing digital é o copywriting.

Mas se engana quem acredita que esta é uma técnica nova. O copywriting é uma técnica de produção de textos utilizada há muito tempo para vendas e marketing, que hoje está sendo aplicada no marketing digital e rendendo muitos resultados positivos.

O termo foi criado em 1828 por Noah Webster, mas foi em 1870 que a palavra começou a ser mais utilizada, definindo o copywriter como aquele profissional que escrevia os anúncios. O termo começou a ser usado para diferenciar o copywriter do jornalista ou redator tradicional.

 

Copywriting x Redação publicitária

Confundir copywriting com redação publicitária é muito comum. A diferença entre elas é que o copywriting tem um grande chamado para uma ação, enquanto a redação publicitária aborda o anúncio de venda de uma forma mais indireta.

O copywriting, na verdade, foi originado da redação publicitária, em que muitas das suas ferramentas foram criadas por publicitários.

Mas não são campos distintos. O ideal é que os tipos de escrita se complementam, além de suas abordagens sempre se misturem entre si.

Qual o objetivo do copywriting?

A estratégia tem como objetivo fazer o leitor realizar uma ação, seja ela fazer um download, assinar um newsletter, ler algum artigo no blog, cativando a atenção do visitante. Isso só é possível com a produção de conteúdos de qualidade, relevantes e que possam entreter e interessar quem está lendo.

Tanto o copywriting quando o marketing de conteúdo foram técnicas antigas que ganharam nova aplicação devido à popularização da internet, redes sociais e a facilidade de divulgação nestes meios.

O marketing de conteúdo deixa a antiga abordagem publicitária para trás, tirando o foco da venda em si e se preocupando em entregar conteúdo que possa educar o leitor, com assuntos relevantes para seu público-alvo.

O papel do copywriter em uma estratégia de marketing de conteúdo é gerar o diferencial, engajando o público e estimulando-os a fazer uma ação. Num mar de conteúdos diferentes todos os dias, o copywriting é a chave para se destacar e atrair mais leitores, resultando em mais vendas.

Copywriting para websites: aparecendo nas primeiras páginas de busca

Mas o copywriting não é só para convencer as pessoas de que elas precisam de determinado produto ou serviço. Ele pode ser usado para destacar a empresa em meio às muitas disponíveis quando o cliente está procurando por aquele produto.

Ele então pode usar técnicas de SEO (search engine tools, ferramentas para sistemas de busca, em tradução livre) para fazer o website aparecer nos primeiros resultados e atrair mais clientes.

O SEO pode englobar ferramentas de layout do site, como ter um site que funcione bem em todas as plataformas disponíveis, além de ferramentas de texto. É isso que o copywriter pode usar, palavras-chave distribuídas pelo texto para fazer com que os mecanismos de busca encontrem aquele site rapidamente.

Vários websites de todos os ramos utilizam a junção copywriting/SEO para estar nas primeiras páginas dos mecanismos de busca. Por exemplo, o SeguroAuto.org é um website de seguro para carros que utiliza técnicas de SEO e copywriting combinados, se mantendo sempre nas primeiras páginas do Google.

Assim, os usuários que buscarem por alguma de suas palavras-chave, como seguro auto, informação sobre seguradoras, opções de seguro auto barato e outras, irá encontrar a página logo nas primeiras posições do Google.

Como usar o copywriting para aumentar as vendas?

Para utilizar o copywriting de maneira eficaz em sua estratégia de marketing, é necessário realizar algumas ações. Em primeiro lugar, o empresário deve saber quem é seu público-alvo. A partir dele, o copywriting irá utilizar a linguagem adequada para aquele tipo de público, fazendo com que se identifiquem melhor com seu conteúdo, gerando uma conexão.

Os títulos dos conteúdos devem ser atrativos, e deve captar o leitor logo nas primeiras palavras. É lendo o título que o leitor irá decidir se vale a pena seguir acompanhando aquele conteúdo ou não.

O CTA (sigla do inglês call to action, chamada para uma ação em tradução livre) é muito importante, pois vai convidar o leitor a realizar a ação que você deseja. Então aposte em uma linguagem imperativa para passar autoridade e urgência aos leitores.

O copywriter também pode utilizar comparações, evitando envolver os concorrentes diretos, dados de pesquisas e números para convencer, de uma maneira natural, que o produto de que está falando é aquilo que o leitor precisa.

Então, viu a importância de investir em um copywriting para a sua empresa?

Por: Andreia Silveira, editora no site SeguroAuto.org.