O comércio eletrônico nunca esteve tão acessível aos empreendedores e às empresas. Criar uma loja virtual já se tornou algo bastante comum graças às inúmeras plataformas para e-commerce existentes na internet e com opções disponibilizadas até mesmo de forma gratuita.

Depositphotos.com/maxxyustas A plataforma Magento é flexível, customizável e oferece diversas funcionalidades.

A escolha de menor custo nesse momento pode ser uma boa alternativa, mas às vezes pode esconder uma série de restrições, que mais à frente poderão dificultar a gestão de um e-commerce. Se o lojista for optar por uma solução gratuita é importante que ele faça sua escolha levando em consideração a opinião dos desenvolvedores. Aqueles que procuram por uma solução completa e gratuita para ingressar nesse mercado podem contar com o Magento, a plataforma para e-commerce gratuita mais bem difundida no mundo.

O grande diferencial dessa plataforma é a sua capacidade de poder receber um grande conjunto de funcionalidades. O que torna o Magento é uma ferramenta extremamente flexível e customizável é o seu código aberto que viabiliza a implementação de diversas soluções úteis relacionadas ao comércio eletrônico.

Ele permite por exemplo, a implantação de diversas opções de design relacionados a uma loja virtual. Posicionar bem uma loja virtual nos motores de busca também não é uma tarefa difícil com o Magento, pois ela vem totalmente preparada para a otimização de suas páginas. A ferramenta ainda permite que o lojista realize a integração de sua loja virtual com diferentes ferramentas de marketing digital e métricas, como o Google Analytics.

Outras funcionalidades ainda possibilitam que o lojista atenda a diferentes segmentos de público, configurando lojas diferentes com temas, catálogos e produtos diferenciados. O Magento ainda garante autonomia e mobilidade para gerenciar promoções e oferecer descontos.

Uma das únicas dificuldades ligadas a essa plataforma é a ausência de suporte à versão livremente distribuída, chamada de Community Edition. Explorar as oportunidades oferecidas pelo setor por meio dessa ferramenta pode acabar se tornando um tanto difícil para os lojistas iniciantes, que dispõem somente de comunidades e de fóruns comunidades dedicadas ao desenvolvimento de soluções. Os lojistas virtuais que desejarem obter suporte especializado podem posteriormente migrar para a versão mais completa da ferramenta, a Enterprise Edition que é paga e mais indicada aos lojistas de maior porte.

É preciso empenho e disposição para dominar o código, especialmente por parte daqueles que desejam montar sua loja virtual por conta própria, portanto o Magento só vale a pena se o usuário estiver preparado. Na página magentocommerce.com é possível baixar a Community Edition e começar a dar os primeiros passos.

Conheça o curso de e-commerce da Internet Innovation e saiba quais as melhores plataformas para a sua loja virtual. Descubra outras soluções e aprenda a gerenciar ações de marketing digital voltadas para o comércio eletrônico.

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *