Qual a definição de privacidade na internet?

A privacidade na internet é um assunto delicado e ao mesmo tempo bastante estranho. Muita gente acha que tem o direito à privacidade na internet quando na realidade os níveis de privacidade que realmente possuem são bem diferentes do esperado. Neste artigo, vamos explorar um pouco sobre o assunto, além disso, vamos dar dicas de como aumentar a sua privacidade, mesmo que seja apenas um pouco.

 

 Sobre a definição

 

Não temos uma definição de privacidade universal na internet. A internet é uma ferramenta universal que ultrapassa barreiras geográficas. Ao mesmo tempo, cada país tenta regular as leis de dados da forma que acha melhor. Muitas vezes, as leis de privacidade de um país podem entrar em conflito com as leis de outro país ou com a política de privacidade de uma empresa, estrangeira ou não.

 

Por exemplo, vamos pensar no caso do WhatsApp e da justiça brasileira. Aconteceu o seguinte, alguns criminosos do Brasil trocaram informações sobre atividades ilegais através do WhatsApp. Um juiz pediu que o WhatsApp liberasse acesso a essa informação. O problema é que graças a forma como o WhatsApp lida com os dados e informações de clientes, as conversas de WhatsApp ficam armazenadas no aparelho do usuário e não nos servidores da empresa. O juiz brasileiro aparentemente não entende como isso funciona e decidiu suspender o WhatsApp no Brasil por algum tempo.

 

Este é apenas um exemplo de conflito entre a forma como uma empresa lida com privacidade de seus clientes e como a lei enxerga o papel da privacidade.

 

  A política de privacidade

 

A política de privacidade é como uma empresa lida com as suas informações. Cada empresa tem sua própria política de privacidade, o que inclui Facebook, Twitter e etc. Quando você se cadastra em uma plataforma como esta, eles perguntam se você leu e concordou com os termos de uso e política de privacidade da plataforma.

 

O problema é que pouca gente realmente tenta ler estes documentos. São textos longos e muita gente não tem paciência para isso. Isto pode acabar resultando em problemas graves já que uma empresa pode ter políticas de privacidade absurdas.

 

A política de cookies

 

Você sabe o que são cookies? São ferramentas que permitem um website lembrar quais são as suas preferências. Por exemplo, você pesquisa por cursos online na internet e de repente começa a ver propagandas de cursos online o tempo todo. Isso acontece porque os websites estão colhendo informações sobre o que você está fazendo.

 

Isso pode soar assustador para muita gente, mas é exatamente como a maioria dos websites operam. É difícil de imaginar um website que não use cookies hoje em dia.

Algumas dicas para manter a sua privacidade na internet

 

Você pode não estar muito protegido, mas pode fazer algumas coisas para aumentar sua proteção. Primeiro, use um VPN. Um VPN vai mudar seu IP, o que já é um começo. Cuidado com o que posta na internet, mesmo em redes sociais privadas. Leia os termos de uso e a política de privacidade sempre que estiver se cadastrando em algo, especialmente quando se tratar de uma plataforma pouco conhecida.

 Você provavelmente não tem tanta privacidade quanto acredita

 

Você provavelmente sabe quem Mark Zuckerberg é. Ele ficou mais conhecido como um dos fundadores da rede social mais acessada do mundo, o Facebook. A história da criação do Facebook é contada no filme A Rede Social. Recentemente, Mark Zuckerberg chamou a atenção de todos ao postar uma foto no Instagram onde era visível que a Webcam de seu notebook estava coberta com uma fita adesiva. O consenso é que esta ação é uma medida para proteger a privacidade

 

Agora, pense a respeito. Mark Zuckerberg é um programador, para muitos um gênio. Ele é dono de uma empresa bilionária e certamente investe bilhões em segurança da informação. Se este sujeito tem que colocar uma fita adesiva na webcam para proteger a própria privacidade, imagine quão vulnerável os usuários comuns da internet estão. Por outro lado, temos o caso da NSA e de Edward Snowden. Edward Snowden ficou conhecido no mundo todo ao levar para público que os EUA estavam vigiando pessoas, inclusive, vigiando políticos importantes, como a ex-presidente do Brasil, Dilma. Isso é o que sabemos até então.

Open chat