Remarketing se refere às estratégias aplicadas para renovar o interesse dos usuários pelos produtos ou serviços que a sua empresa oferece. Trata-se de uma tentativa de aumentar a conversão através da conquista efetiva de consumidores que já foram impactados pelas suas ações de marketing e demonstraram conhecimento ou desejo pelo o que sua marca tem a oferecer.

Depositphotos.com/pressmaste O remarketing usa como base o histórico de navegação para identificar as preferências do usuário.

Utilizando como base o histórico de navegação – que apresenta dados como páginas visitadas, taxa de rejeição, tempo de permanência, palavras-chave, origens do tráfego –, o remarketing permite identificar usuários que já clicaram e visitaram seu site e usa abordagens específicas para recriar o desejo, “ativar a memória” destes clientes potenciais e impulsionar as chances de conversão.

Em um e-commerce, umas das principais e mais utilizadas estratégias de remarketing é o envio de e-mail a clientes que abandonaram carrinhos de compras. Na tentativa de incentivar a efetivação da compra, algumas lojas mandam promoções e oferecem descontos a esses usuários que já foram “fisgados” e, por isso, são mais propícios a realizarem o pedido.

Um estudo realizado pela empresa Experian revelou que remarketing por e-mail, trazendo os produtos que a pessoa deixou de comprar, aumenta em até 20% a taxa de conversão em comparação com e-mails convencionais.

Além de remarketing por e-mail, outro meio eficaz é o aplicado pelo Google Adwords. Em sua recente atualização, essa ferramenta do Google passou a oferecer um redirecionamento de marketing simples, porém eficiente. Funciona da seguinte forma: quando uma pessoa visita o seu site, um cookie é instalado no computador. Assim, toda vez que visitar sites relacionados ao seu, visualizará um anúncio da sua loja.

Você já deve ter percebido que, depois de fazer alguma pesquisa no Google e acessar o produto no link de alguma loja, ele “surge”, mais tarde, em algum anúncio durante a navegação, seja ele no Facebook, e-mail ou qualquer outro site. Essa repetição incessante e “onipresente” é o remarketing do Google em ação.

Para otimizar ainda mais os resultados de ações deste tipo, o ideal é fazer um estudo dos leads e classificá-los em grupos. Desta forma, poderá trabalhar e-mails customizados, além de tags específicas no Google Adwords, o que aumenta em muito as chances de convencer e conquistar estes consumidores.

 

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *