Palavras-chave ou keywords são termos (palavras, frases ou expressões) usados para descrever de forma específica o desejo de busca dos usuários nos serviços de pesquisa da internet e servem para trazer os resultados naturais mais relevantes, junto de anúncios de texto. Sempre seguindo critérios semânticos ou por meio de semelhanças e sinônimos.

Depositphotos.com/dr911 A definição das palavras-chave é essencial para o trabalho de SEO e outras estratégias de marketing.

A palavra-chave é essencialmente a forma pela qual as pessoas buscam o que precisam na internet, seja uma informação, produto ou serviço. Assim que você submete uma delas à consulta no Google tem início duas ações distintas, uma relacionada à exibição dos resultados naturais da busca e outra aos links patrocinados.

Na primeira, o serviço busca em seus servidores os sites que contêm a palavra-chave pesquisada em seu conteúdo, com a finalidade de classificá-los. A relevância é o modo pelo qual o serviço de pesquisa decide que site melhor atende às necessidades do usuário com relação àquela palavra-chave pesquisada, faz isso verificando o número de vezes que esta palavra-chave é mencionada, observando também se foram usados sinônimos, ou ainda se a ela é citada nos títulos do texto ou se está no primeiro parágrafo.

Obviamente não são somente esses os critérios que determinam o posicionamento dos sites nos resultados de pesquisa, e a repetição excessiva de palavras-chave em uma página pode inclusive fazer com que ela seja desqualificada em meio aos demais resultados. Essa prática, conhecida como keyword stuffing, é caracterizada como spam pelos mecanismos de busca.

Pensar no usuário é a melhor estratégia com palavras-chave. Por isso o webmaster deve procurar elaborar um texto com leitura agradável. Ao contrário do que se imagina, não existe um índice de densidade de palavras-chave considerado ideal pelo Google.

A segunda ação executada pelos serviços de pesquisa está relacionada à exibição de anúncios nas SERPs (Search Engine Results Page ou página de resultados de pesquisa), os chamados links patrocinados. Anúncios também são influenciados pelas palavras-chave digitadas pelo usuário, mas obedecem aos critérios de exibição definidos pelo Google AdWords.

Estratégias para utilização de palavras-chave em SEO

Para os objetivos de SEO, é comum vermos as palavras-chave também sendo chamadas de termos de pesquisa. É importante saber que existem limitações para a busca de palavras-chave. Somente os termos de pesquisa com até 32 palavras podem ser submetidos à busca no Google. Abaixo enumeramos algumas recomendações relacionadas à utilização de palavras-chave em SEO:

  • Utilize palavras-chave nos títulos das páginas;
  • Elabore um glossário de palavras-chave relacionadas ao seu negócio ou seu setor de atuação;
  • Integre seu site ao Google Webmaster Tools ou ao Google Analytics. Essas ferramentas permitem que você observe por quais palavras-chave os usuários chegam às páginas do seu site;
  • Se possível, incorpore a palavra-chave no domínio do seu site. Palavras-chave incorporadas ao domínio dos sites têm um efeito considerável no posicionamento das páginas nos rankings dos buscadores. Mas, há indícios de que o Google esteja passando a dar cada vez menos valor a esse critério.

Estratégias para utilização de palavras-chave em links patrocinados

Também existem limitações relacionadas às palavras-chave nos links patrocinados. O serviço de anúncios do Google é capaz de reconhecer palavras-chave com até 25 caracteres no título e com até 35 caracteres na primeira ou segunda linha do texto do anúncio.

  • Utilize a negativação de palavras-chave em sua campanha;
  • Evite utilizar palavras-chave genéricas em sua campanha;
  • Identifique as palavras-chave mais lucrativas e concentre os investimentos.

Long tail keywords

Uma forma de refinar sua estratégia com palavras-chave é investir nos termos de pesquisa com menor volume de busca, mas com mais chances de satisfazerem os desejos do usuário. A dica é tentar atingir realmente quem está procurando por seus produtos ou serviços.

A simples constatação feita por Chris Anderson em seu livro A Cauda Longa provou estar correta. A estratégia de cobrir nichos específicos ao invés de investir em palavras-chave genéricas, com menor possibilidade de conversão, torna possível obter bons resultados tanto em campanhas de links patrocinados ou nas estratégias de SEO.

Internet Innovation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *